© 2017 Todos os direitos reservados. edjastos.com.br

MÉTODO RB! QUAL SENSAÇÃO DO CLIENTE NO PROCEDIMENTO DE RADIOFREQUÊNCIA?

 

O método RB

 

O método RB consiste em um passo a passo de como alcançar os melhores utilizando os recursos da Radiofrequência e da Terapia Bioortomolecular.

Você pode saber mais do tema no artigo :O que é o método RB?

 https://www.edjastos.com.br/single-post/2017/12/27/O-QUE-%C3%89-M%C3%89TODO-RB

 

Nesse artigo vamos saber mais sobre a sensação do cliente frente ao procedimento de Radiofrequência.

 

Sensação do cliente ao receber o procedimento de Radiofrequência:

 

O procedimento é acompanhado por uma sensação de intenso calor e eritema moderado que são mantidas por alguns minutos, as queimaduras são raras. O objetivo do tratamento é aumentar a temperatura do tecido de acordo com o objetivo que se queira alcançar, o que desencadeia uma cascata muito interessante de reações fisiológicas: o aquecimento do tecido induz o aparecimento de vasodilatação local e estímulo à formação de novo colágeno ou neocolagênese.

 

Na realidade, existem dois tipos de efeitos sobre o colágeno: Uma contração imediata do colágeno existente (ocorre no momento do tratamento).

 

A remodelação e renovação têm lugar em médio prazo. É importante ressaltar que a vasodilatação local tem um efeito direto na melhora da microcirculação, o que melhora a capacidade da célula de transferência como um efeito complementar biológico. A Neocolagênese é produzida como uma consequência da indução da liberação do Heat Shock Proteins (HSP). As HSPs estão sempre presentes nas células, mas aumenta a sua presença em situações de estresse, tais com um aumento da temperatura (um aumento de 5 º C desencadeia uma elevação da síntese destas proteínas que alcançam 20% das proteínas totais das células).

 

 

Interação do Radiofrequencia Resistiva com os tecidos:

As ondas de radiofrequência emitidas pelos equipamentos de Radiofrequência são de natureza resistiva. Ao penetrarem nos tecidos promovem uma intensa agitação molecular que gera aumento da temperatura tecidual local (aquecimento seletivo tecidual). Como resultado, as fibras colágenas contraem, com isso, aumenta a síntese de novo colágeno (neocolagenese progressiva), além de incrementar o aporte sanguíneo e vascularização na área. Isso promove descompressão dos tecidos tratados justificando os efeitos na celulite, fibroses, aderências teciduais e flacidez de pele, sendo que, se deve respeitar a temperatura para tratamento de cada disfunção.

 

Qual a importância de entender a temperatura terapêutica:

 Primeiramente temos que entender os seus efeitos fisiológicos aonde a lesão térmica controlada causa uma retração imediata no tecido com isso temos um (efeito  transitório – contração do colágeno), seguida por uma resposta inflamatória, durante a qual há migração de fibroblastos para a área afetada que reforçam a estrutura do colágeno, resultando na melhoria ou eliminação da protrusão subdermal (celulite, acne, fibroses e aderências) e do componente flácido.

 

A vasodilatação irá atuar no hipotálamo com isso ocorre a saturação dessas essas unidades, ocorrendo assim um  efeito vasomotor,gerando assim uma hiperemia, necessita de tempo de aplicação.

 

Contraindicações absolutas:

  • Gestantes

  • Marca-passo

  • Câncer ou metástase

  • Lesões traumato ortopédicas agudas.

  • Pacientes Imunodepressivos

  • Menores de 18 anos;

  • Procedimentos cirúrgicos sem completa cicatrização;

  • Doenças dermatológicas; o Rosácea; Pele não integra.

Dra Ynaiã Piedade 

 

Assista a aula prática com a Dra Ynaiã Piedade e o professor Edjasto Ferreira: Como Reduzir a Celulite compacta utilizando o método RB

 

 

 

 

Compartilhar no Facebook
Please reload