© 2017 Todos os direitos reservados. edjastos.com.br

Física Quântica Aplicada a Estética Bio ortomolecular

22.03.2017

Física Quântica Aplicada a Estética Bio Ortomolecular

 

 

As grandes revoluções da ciência são aquelas que além de ampliar os saberes já vigentes , se fazem também acompanhar de uma mudança nos pensamentos  básicos sobre as possibilidades. Um exemplo clássico  foi a revolução do polonês Nicolau Copérnico, no século XVI, que derrubou o conceito segundo o qual a Terra estava imóvel no centro do Universo, afirmando em vez disso que nosso planeta gira em torno do Sol. Depois, o inglês Isaac Newton mudou o conceito de espaço absoluto e dois séculos depois o alemão Albert Einstein mudou  o pensamento do tempo absoluto.

 

Embora super importantes, nenhuma dessas grandes revoluções na ciência pode competir com o impacto da ciência quântica. A partir dela, os físicos foram forçados a mudar não apenas os conceitos do homem sobre a realidade – mas a própria realidade. Não admira que a Física Quântica tenha adquirido a reputação de algo bizarro ou místico. Tanto que o dinamarquês Niels Bohr, um dos criadores da nova ciência, chegou a dizer certa vez que só não se escandalizou com a Física Quântica quem não a entendeu.

 

O ponto de partida para chegar a ciência quântica é o átomo, já conhecido desde a Grécia antiga . Eles acreditavam que toda matéria era constituída por minúsculos fragmentos indestrutíveis. O entendimento da Física Quântica é formado justamente pelos fragmentos desses fragmentos. Desde 1909, de fato, o inglês Ernest Rutherford estabeleceu que os átomos, aparentemente indivisíveis, são compostos por um núcleo ao redor do qual giram outras partículas, os elétrons. Segundo esse modelo, o núcleo podia ser comparado ao Sol, enquanto os elétrons seriam os planetas orbitando a sua volta. E importante salientar o pensamento de que os elétrons seguiam trajetórias bem definidas, de tal modo que a qualquer momento seria possível determinar a sua posição e a sua velocidade.

 

O que ficou constatado  é que, ao contrário dos planetas, os elétrons não seguem um trajeto claro e inequívoco quando se movem. Seus caminhos  só seriam revelados anos depois do modelo atômico proposto por Rutherford. O primeiro sinal de que a visão “a explicação planetária”não funcionava surgiu em 1911, quando Bohr escreveu uma nova fórmula sobre a emissão de energia pelos átomos. Para surpresa geral, a fórmula mostrava que havia lugares proibidos para o átomo – regiões inteiras, em torno do núcleo atômico, onde os elétrons não podiam girar. Podiam saltar de uma órbita mais distante a outra mais próxima, mas não podiam ocupar diversas órbitas intermediárias. E, nesse caso, emitiam um pacote inteiro de energia – nunca menos de certa quantidade bem definida, desde então chamada quantum de energia.

 

Era no mínimo de se questionar, já que os planetas podiam girar a qualquer distância do Sol e mudar de órbita alterando o seu nível energético em qualquer quantidade, sem limite. Apesar disso, a fórmula de Bohr explicava com precisão os fatos conhecidos sobre a emissão de luz pelos átomos, de modo que a nova Física do quantum acabou se impondo com firmeza. Dez anos mais tarde, o enigma das órbitas proibidas foi resolvido de uma maneira que afastou ainda mais do átomo do pensamento de um sistema solar em miniatura. Desde a década de 20, com efeito, as órbitas dos elétrons passaram a ser vistas como algo semelhante às ondas sonoras que compõem as notas de um instrumento musical: portanto. 

 

 

A terapia Bio ortomolecular cuida em devolver a energia dos elementos químicos que já temos em nosso organismo. Esses elementos  são adquiridos através da alimentação .

 

Nos dias atuais muitos dos alimentos são pobres em energia.

Exemplo : O feijão pode ter o elemento químico ferro mas sem os seus elétrons ou energia que foram roubados por pesticidas e agrotóxicos.

 

Agrotóxicos,pesticidas,conservantes e outras substancias anti naturais funcionam como radicais livres. Radicais livres são  átomos com elétrons não pareados na ultima camada  que roubam elétrons de células e elementos químicos .
Nesse exemplo, o ferro não vai realizar a sua função principal que é carrear oxigênio até as células,para produção de Energia Bio celular ou ATP( trifosfato de adenosina).

 

As células utilizam o ATP para produzir seus substratos e realizar suas funções.

Exemplo :Fibroblastos sem energia não vão produzir a quantidade adequada de colágeno e elastina, surgindo as rugas e envelhecimento precoce.

 

O papel do Terapeuta Bio ortomolecular  é  indicar os minerais quelatados  e seus complexos que tem o objetivo principal de nutrir de energia os elementos  químicos que constituem o organismo .

 

A terapia Bio ortomolecular foi desenvolvida pela professor Edjasto Ferreira.

Utilizando conceitos da Terapia ortomolecular, oligoterapia ,terapias orientais e  hidratação correta

 

 Terapia Ortomolecular prega o funcionamento correto da molécula.

 

Oligoterapia  trata da neutralização dos radicais livres. 

 

Terapias orientais equilibram a energia dos meridianos.

 

Hidratação correta 

 

A terapia Bio ortomolecular é utilizada na estética e na prevenção de disfunções energéticas. 

 

Para conhecer um pouco mais a terapia Bio ortomolecular acesse www.bioortomolecular.com

 

 

 

 

 

 

 

 

Compartilhar no Facebook
Please reload